No tríduo ao Sagrado Coração de Jesus, recitamos algumas orações clássicas da Igreja, recorrendo a este Coração por alívio de nossas dores e dissabores.

Disponibilizamos aqui para que você possa acompanhar conosco, confiando-se sempre a este inefável dom de Amor.

Confira:

COROINHA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

Essa oração também é chamada de “Novena Irresistível ao Sagrado Coração de Jesus”, foi composta por São Pio de Pietrelcina (sacerdote capuchinho). Em sua profunda intimidade e desejo de assemelhar-se ao Coração Sagrado de Jesus, rezava diariamente essa oração, unindo-se a Ele por meio dos sacríficos, com o intuito de salvar as almas que lhe eram confiadas.

 Além disso, por esta oração, desejava ofertar a e esse divino Coração uma coroa de rosas, em desagravo e reparação por tanta ofensa que recebera. Logo, a Coroinha ficou conhecida por todo o mundo e muitos são os testemunhos que ainda hoje se espalham e fazem com que essa devoção ainda que antiga seja tão nova.

Rezemos:

I – Ó meu Jesus que dissestes:

“Em verdade eu vos digo, pedi e recebereis, procurai e achareis, batei e vos será aberto!”, eu bato, procuro e peço a graça…

Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória ao Pai.

Sagrado Coração de Jesus, confio e espero em vós.

II – Ó meu Jesus que dissestes:

“Em verdade eu vos digo, tudo o que pedirdes ao Pai em meu nome, Ele vos concederá!”, ao vosso Pai, em vosso nome, eu peço a graça…

Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória ao Pai.

Sagrado Coração de Jesus, confio e espero em vós.

III – Ó meu Jesus que dissestes:

“Em verdade eu vos digo, passará o Céu e a Terra, mas minhas palavras não passarão!”, apoiado na infalibilidade de vossas palavras, eu peço a graça…

Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória ao Pai.

Sagrado Coração de Jesus, confio e espero em vós.

Ó Sagrado Coração de Jesus, a quem é impossível não ter compaixão dos infelizes, tende piedade de nós, pobres pecadores, e concedei-nos as graças que vos pedimos, por meio do Imaculado Coração de Maria, vossa e nossa terna Mãe.

São José, Pai putativo do Sagrado Coração de Jesus, rogai por nós.

Salve Rainha.

ORAÇÃO DO ESCUDO DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

Em 1720 uma terrível epidemia devastava a cidade de Marselha na França, aprouve ao bom Deus revelar essa profunda oração a Santa Margarida Maria Alacoque. Com o auxílio de suas irmãs, Margarida confeccionou milhares de escudos, conforme havia sido por Deus revelado. Distribui-os por toda a cidade e em pouco tempo a epidemia cessou. Visto que, os que portavam o escudo não foram atingidos por ela.

A oração do Escudo também é conhecida por “Detém-te”, ela é uma expressão de amor capaz de afugentar as forças do mal que nos rondam e tentam nos fazer cair. Essa oração foi aprovada definitivamente pelo Papa Pio IX que com muito entusiasmo e de maneira profética disse: “…quero, que de modo algum Satanás possa causar dano àqueles que trouxerem consigo o Escudo, símbolo do Coração adorável de Jesus.”

Rezemos:

Alto! Detenha-se, demônio; detenha-se toda maldade, todo perigo, todo desastre. Detenham-se todos os assaltos, todas as balas de bandidos, todas as tentações. Detenha-se todo inimigo, toda enfermidade, e detenham-se nossas paixões desordenadas, pois o Sagrado Coração de Jesus está comigo!

Alto! O coração de Jesus está Comigo. Venha a nós o Vosso Reino.

ATO DE CONSAGRAÇÃO AO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

Consagrar-se ao Coração de Jesus é uma resposta de nossa pequenez à sua realeza. Ao olhar esse grande Coração inflamado de amor e misericórdia, sem dúvida alguma lembramos de sua promessa de salvação. Que esse ato de confirmar que somos pertença sua nos faça cada vez mais seus dependentes, levando-nos a encontrar descanso dentro de seu Coração Sagrado.

Dulcíssimo Jesus, Redentor do gênero humano, lançai os Vossos olhares sobre nós, humildemente prostrados diante de Vosso altar. Nós somos e queremos ser Vossos; e para que possamos viver mais intimamente unidos a Vós, cada um de nós neste dia se consagra espontaneamente ao Vosso Sacratíssimo Coração.

Muitos nunca Vos conheceram; muitos desprezaram os Vossos mandamentos e Vos renegaram. Benigníssimo Jesus, tende piedade de uns e de outros e trazei-os todos ao Vosso Sagrado Coração.

Senhor, sede o Rei não somente dos fiéis que nunca de Vós se afastaram, mas também dos filhos pródigos que Vos abandonaram; fazei que eles tornem, quanto antes, à casa paterna, para que não pereçam de miséria e de fome.

Sede o Rei dos que vivem iludidos no erro, ou separados de Vós pela discórdia; trazei-os ao porto da verdade e à unidade da fé, a fim de que em breve haja um só rebanho e um só pastor.

Sede o Rei de todos aqueles que estão sepultados nas trevas da idolatria, e não recuseis conduzi-los todos à luz e ao Reino de Deus.

Volvei, enfim, um olhar de misericórdia aos filhos do que foi outrora vosso povo escolhido; desça também sobre eles, num batismo de redenção e vida, aquele sangue que um dia sobre si invocaram.

Senhor, conservai incólume a vossa Igreja, e dai-lhe uma liberdade segura e sem peias; concedei ordem e paz a todos os povos; fazei que de um a outro polo do mundo, ressoe uma só voz:

Louvado seja o Coração divino, que nos trouxe a salvação! A Ele, honra e glória por todos os séculos dos séculos. Amém.

Consagração feita pelo Papa Leão XIII

Sagrado Coração de Jesus, que tanto nos amais, fazei com que vos ame cada vez mais!