Neste dia (05/02), que fazemos memória ao natalício de nossa saudosa mãe fundadora, somos tomados por um misto de alegria e dor. Alegria de saber que Edvânia alcançou o seu alvo – o céu, e a dor da saudade que arde em nossas almas…

Mas um consagrado é chamado a lançar-se inteiramente na vontade de Deus, e por mas dolorosa que ela nos seja, abraçá-la.

Hoje a noite estaremos unidos a Edvânia por meio do mistério eucarístico que liga o céu e a terra para louvarmos a Deus pelo dom da vida de uma mulher que não teve medo nem fez reservas para colocar este dom a serviço de todos.

A missa será às 20h30 e contamos com a presença e as orações de cada irmão.

Madre Germana de Jesus

“Não nos cansemos de amar” (Edvânia Marinho)